Pedofilia!!!!

Falar de abuso sexual infanto-juvenil é antes de mais nada falar de covardia. Pois que outra palavra poderia definir alguém capaz de usar uma criança para saciar seus desejos bestiais? Que outra palavra poderíamos usar para alguém que se esconde nos meandros da lei, como doente mental para ficar impune aos seus delitos sexuais???

E ainda existem aqueles que acusam a vítima de serem responsáveis por tal fato ter ocorrido.

As notícias estão ai... nos jornais, revistas, noticiários de TV, rádio, internet. Casos e mais casos que nos assombram cada vez mais, não somente pela recorrência, mas também pela impunidade.

CPIS que se arrastam, enquanto mais casos são noticiados.

E aqueles que nunca saberemos? Pois existem pessoas que temem muito mais o escândalo do que o abuso em si... e são estas pessoas que contribuem para o aumento de fatos assim. Pessoas que se omitem por vergonha, por medo, por falta de informação e apoio.

É inconcebível que em pleno século XXI ainda exista este tipo de coisa.

A denuncia é imprescindível.

Não podemos calar diante de tal aberração.

O pedófilo é antes de mais nada alguém sem remorços, sem escrúpulos, sem amor. A única coisa que interessa à eles é saciar seus desejos, suas taras; não importando os danos que isto poderá causar.

O pedófilo é covarde! Aproveita-se da confiança das suas vítimas, das famílias, da sociedade. São pessoas frias e calculistas que muitas vezes se escondem sob a imagem de alguém acima de qualquer suspeita.

O pedófilo não é um doente mental, ele sabe muito bem o que faz e aonde quer chegar. O silêncio é o seu maior aliado!

O diálogo franco entre pais e filhos ainda é a melhor prevenção. Instrua seus filhos a falar abertamente sobre qualquer assunto, para que eles não se sintam intimidados por possíveis abusadores.

Cabe a cada um de nós o combate. Existe o Disque 100, onde é possível fazer uma denúncia sobre o assunto.

Não se cale, pois é com o seu silêncio que eles se proliferam.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...