E DEUS CRIOU A MULHER!

E no início a Terra era sem forma e vazia e eis que Deus criou um belo jardim... mas não havia quem por ele zelasse! Então Deus criou o homem do pó do solo e soprou-lhe o fôlego da vida. Deu-lhe força, inteligência, e o incumbiu de dar nome aos animais... a este homem, Deus chamou: Adão!
E havia muito o que fazer... oceanos a desbravar, pássaros a descobrir, frutos a colher... anos para observar a natureza e descobrir-se só!
E vendo que assim o homem não era feliz, Deus o fez adormecer e dele retirou uma de suas costelas...
Queria criar um ser semelhante ao homem, mas não tão rude, não tão reto! E assim veio a existir a mulher... criatura delicada nos traços, com olhos aguçados em sabedoria, ouvidos prontos a ouvir, boca de lábios doces para beijar. Suas curvas provocantes, seu cheiro peculiar, seu ventre para o homem perpetuar.
E a esta mulher, Deus chamou: Eva!
E ao acordar de seu sono, Adão viu-se diante da mais perfeita das criaturas...
Tudo o que havia em si completava-se nela!
Compreendeu que aquela seria sua eterna ajudadora, pois de uma de suas costelas fora concebida. Andava ao seu lado, posto companheira que era.
Nas noites frias, aconchegava-se em seus braços ternos...
Em dias de calor, banhava-se com ela nos lagos refrescantes...
Em momentos de paixão era com ela que seu corpo encontrava abrigo!
E nos frutos do jardim, descobria seus sabores, deleitando-se com ela na relva verde, iluminados pelo por do sol.
E dela, Adão cuidava! Zelava por sua segurança, provia-lhe os alimentos... abrigava-lhe do frio, refrescava-lhe do calor.
Mas então, surgiu a serpente! Provocante, astuciosa, interesseira! Do tipo que não guarda almoço pra janta...
E Adão e Eva pecaram, desobedeceram à Deus! Perderam o direito de viver naquele belo jardim e passaram a labutar para sobreviver...
Então vieram os problemas, os defeitos, os filhos!
E embora o homem tenha endurecido seu coração; a mulher permaneceu terna!
Nela gerou-se a descendência, nela amamentou-se a humanidade e por ela perpetua-se a vida!
Se o homem aprendeu a guerra, a mulher diversificou a paz!
Se o homem deixou de crer, a mulher expandiu a fé!
Se por uma costela existiu a mulher, por muitos ventres nasceram os homens!
Deus criou o homem! Mas pensando no complemento certo, no encaixe perfeito dos corpos, na complexidade de gerar uma vida, nos sonhos que poder-se-ia ter: Deus não hesitou e assim, simplesmente; criou a MULHER!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio