Presença, ainda que ausente...

Não haverá mais sabor, nem cor, nem ninguém pra apresentar... sequer haverá riso ou lágrima que poderá marcar! Tudo se foi, tão rápido que sequer sabemos quando esteve aqui! Foi lindo, foi duro, foi suave... foi como tinha que ser! Na lembrança permanece, nos recônditos da alma... febril, urgente, leve, doce e amarga é a sensação do vazio que deixa a vida sem graça!
Não teve fim, pois nem sequer teve início!
Intrínseco, permanece! Em flashes de sussurros, gemidos, suores... segredos de quem ainda sente na pele, na alma, no tocar dos lábios, a presença mesmo que ausente daquilo que ainda é vívido no coração!
Teu cheiro ficou impregnado em mim... minha pele te exala! E quando me olho desnudam-se meus segredos para ti, no meu reflexo...
Estás em mim... embaralhado como um quebra-cabeças complicado!
É a ti que vejo por entre os outros... persegue-me! És meu castigo, minha condenação, meu cadafalso!
Como que mesmo tendo partido, permaneces??? Pareces ainda mais presente do que antes...
E não há como fugir de ti, pois para onde quer que eu olhe, tu estás!
Aprisionaste-me no teu gosto, no teu veneno suave e me deixei levar...
E a tua ausência de mim é inconcebível, visto que tu permaneces aqui... o tempo todo, aqui!
Como que a escarnecer de mim... tão escrava fiquei que não mas me reconheço, antes permaneço nesta ilusão sem fim.
Ahhhhh... ainda sinto o gozo frenético, a eletricidade urgente dos corpos a se unirem... sinto! E vejo os teus olhos sobre mim!
Mas sei que partistes... sei! Fostes! Ainda que no princípio e rapidamente, mas ficaste para sempre presente!
Nas marcas que guardo no corpo, não sei... nas que levarei na alma, eternamente!

Comentários

  1. Não é a toa que a minha admiração por você só cresce... o mundo precisa de sensibilidade como a sua! Diz tanta coisa pra tanta gente... lindo, lindo, lindo. Parabéms!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário! Mia Malafaia!

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio