PERMITA-SE

Permita-se gritar, chorar, sorrir.
Não cale, não esmoreça, não tenha medo mesmo que seja por um momento.
Permita-se sonhar, amar, dizer sim e dizer não.
Ouvir, calar, correr, pular... tudo faz parte!
Permita-se permitir o certo ou o errado; mas permita-se!
Não viva a vida nas entrelinhas, no que poderia ter sido...
Viva e deixe viver!
Tenha histórias para contar, rugas para curtir...
Saia da rotina, vibre, decole! Seja aquilo que lhe traz felicidade, mas seja!
Saia da platéia, vire protagonista de si mesmo.
Permita-se!
Não lamente o que não deu certo!
Abra os olhos, vislumbre o horizonte, as oportunidades.
Sinta! Creia! Deseje! Almeje! Respire!
Dê a si mesmo as alegrias, multiplique-as...
Permita-se refletir a luz aos outros.
Sinta o vento a tocar seu rosto, sinta a energia de estar vivo
Compartilhe, ame, doe-se!
E cada dia será um novo dia realmente, pois
a mudança está naquilo que habita o nosso interior!
Permita-se e seja cúmplice de si mesmo...
Extravase; ampare, domine, seja dominado!
Diga sim ao mundo, diga sim a si mesmo!
Adeus mal humor, dor, tristezas!
Sorria, sorria sempre!
Crie metas, administre, proceda.
Abra os abraços e receba a vitória que cada um de nós temos para alcançar!
Permita-se permitir!
Para que o mundo lhe conceda a graça de ser feliz!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...