INCONCEBÍVEL!

A cada dia que passa nos deparamos com mais notícias de violência doméstica nos meios de comunicação... o que assusta são as justificativas para os atos de covardia: ciúmes, alcoolismo, drogas!
O fato de cada vez mais haver denúncias demonstra que mais mulheres estão cientes de que isto tem que ter um fim; e também denota que elas estão se conscientizando de seus direitos.
O que não se pode aceitar de forma alguma são as desculpas!
"Matei por amor... matei por ciúmes... bati porque estava bêbado!" Inconcebível!
Os facilitadores existem e é fato( álcool, drogas, ciúmes) mas não são aceitáveis de forma alguma.
O que não se pode esquecer é que o sujeito ao ser pego em flagrante quer atenuar sua culpa e muitas das vezes coloca a vítima como única responsável por seu ato tresloucado. "A culpa foi dela que usava uma roupa curta!"
Hoje, as desculpas são as mais variadas possíveis... incluindo o famoso "surto psicótico" do qual muitos criminosos se prevalecem para escapar da prisão.
Desculpas esfarrapadas e cretinas de homens covardes e incompetentes! Que não foram capazes de dar e receber amor de forma digna e respeitosa! Que querem impor pela força um sentimento que ele não sente nem por si mesmo.
E Não falamos apenas de homens de classes inferiores, não! Existe truculência por toda esfera da sociedade.
Cabe a mulher não depender emocional ou financeiramente de seu companheiro. A palavra já diz: COMPANHEIRO e não: DONO ou PROPRIETÁRIO!
Não depender emocionalmente é estar bem consigo mesma em primeiro lugar! Aceitar-se, amar-se antes que a qualquer outro ser humano.
Aquele que detém o poder, geralmente é opressor!
A mulher que se conscientiza do seu valor, da sua capacidade de raciocínio e demais qualidades; jamais deixará sua auto estima ser jogada no esquecimento.
Homem que agride, mata física e psicologicamente não pode e nem deve ser considerado homem no sentido exato da palavra.
São escórias que tiveram o privilégio de viver e que não descobriram o sentido que isto tem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...