AMÉLIAS OU NÃO, SOMOS CIDADÃS!

Estamos regredindo?
A truculência, a intolerância, a falta de respeito é tanta; que muitas das vezes mais parece que estamos no princípio dos tempos... como quando os homens arrastavam as mulheres pelos cabelos para dentro de suas cavernas!
A cada dia cresce o número de mulheres e jovens assassinadas por seus ex-companheiros; que inconformados saem disparando armas e dando fim aos sonhos alheios. Muitos dão cabo das próprias vidas após seus atos tresloucados!
A visão machista de que a mulher é propriedade ainda prevalece.
Embora existam movimentos, palestras educativas, sites, DEAM'S, juizados... ainda temos arraigados em nossa cultura o velho ditado popular:
Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher!
Lastimável! Inaceitável! Ridículo!
Não podemos simplesmente fechar os olhos para isto! Precisamos sim, conscientizar cada vez mais e mais mulheres de que ser MULHER é ser LIVRE!
Somos livres de arreios, amarras, algemas! Livres para ir e vir como nos assegura a Constituição Brasileira, como qualquer outro ser humano.
Sim, SOMOS SERES HUMANOS! Com HUMANOS DIREITOS garantidos por Lei! É crime bater em mulher! Assim como qualquer outro tipo de violência menos explícita, mas não menos ofensiva.
Cabe-nos não nos deixar vencer pelo medo, pelo poder aquisitivo, pela diferença de escolaridade!
Está lá, na Lei... alguém lutou para nos assegurar isto e não podemos deixar que estes direitos sejam usurpados, esquecidos ou excluídos de nossas vidas... pois estaremos deflagrando a derrocada social da mulher, dos nossos próprios filhos e netos!
Não podemos regredir! Nunca!
Temos que lutar para manter nossas conquistas, nossos sonhos, nossas vidas incólumes.
Quando ouvimos relatos de que um homem matou ou espancou sua companheira, temos que reunir forças para continuar mantendo e conquistando mais espaços nos ESPAÇOS DE PODER!
Podemos sim, mudar uma realidade atroz! Podemos e devemos!
Concebemos filhos, educamos, temos dupla e até tripla jornada de trabalho... podemos tudo!
Mas perderemos tudo se mantivermos uma postura silenciosa diante das atrocidades!
Não podemos aceitar as tais mutilações genitais, os casos de pedofilia, os assassinatos por ciúmes, as torturas psicológicas!
Não podemos aceitar, temos que combater!
Você, eu, todos nós, somos responsáveis por aquilo que nossa descendência herdará e cabe-nos deixar algo digno e razoalvemente aceitável para se viver.
Quem cruza os braços é conivente!
"AMÉLIAS" ou não, somos CIDADÃS!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...