Enganos, Perdas e Danos!

Existem três classes distintas no mundo que servem apenas como engano, perdas e danos
E são elas: os artistas, os líderes religiosos e os políticos.
Cada qual na sua modalidade, na sua atribuição, servem apenas como instumento de mentiras.
Nada ou quase nada se aproveita.
Fico pensando nos tolos que criam ilusões... naqueles que de boa fé creem nas palavras pífias que não dão em nada!
Pobres criaturas! Tão perdidos e sem direção que são levados na direção de qualquer vento, tamanha sua necessidade de proteção.
Sim, pois nós seres humanos somos carentes de instrução salutar.
Somos levados por enxurradas de palavras vãs, promessas sem fundamento.
Somos pequenos demais em sabedoria, tolos demais em submissão.
Não temos consciência das áreas de risco em que incorrem nosso ingênuo coração.
Cremos, sim; cremos!
E somos ardorosos adoradores de uma verdade que beneficia uns poucos e nada mais.
Somos marionetes de um circo de horrores chamado sociedade.
Uma massa hipócrita que muitas vezes apenas aponta o erro alheio e nada faz para corrigir os seus próprios desacertos.
E somos engodados, iludidos, levados para lá e para cá porque somos presos por nossos próprios desejos egoístas de sempre se dar bem.
Resta-nos saber em que classe estamos... artistas? Políticos? Líderes religiosos?
Não importa. Somos meros fantoches nas mãos daqueles que fazem do poder de ludibriar uma arte para toda uma vida.
Somos porque assim o consentimos.
Porque somos covardes demais em admitir que erramos. O orgulho nos impede.
E enquanto isto ocorre, a vida de muitos é ceifada.
Não somente na morte física, mas na morte espiritual.
Afastamo-nos de Deus achando que Ele se afastou de nós.
Pobres miseráveis que somos!
Levados pelos enganos, perdas e danos...
Perdemos o melhor da vida que é apenas viver.
E qual maravilhoso seria se tão somente compartilhassemos um pouco com outros.
Um abraço, um bom dia, um sorriso, um até logo!
Nada disso tem preço, mas retemos como se valesse milhões...
Vivemos olhando para opróprio umbigo, como se ali estivesse o centro do universo.
Somos pobres de espírito, pobres de amor e reinvindicamos coisas que não somos capazes de retribuir...
E por isso continuará a existir os aproveitadores, os que acharcam, os que ameaçam...
Porque lhes damos plenos poderes!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio