Ser o que sou!

Deixei de buscar alcançar o vento...
Deixei de andar na corda bamba, arriscando-me por nada.
Deixei de ter medo de cair, pois aprendi que
ao cair; precisei aprender a levantar!
Fui delapidando meu ser aos poucos...
Fui descobrindo que não precisava de ninguém para me completar
e sim, para compartilhar...
Decobri que não ter medo é bom... faz bem!
Faz com que o sorriso pemaneça mais tempo nos lábios,
os olhos expressam mais brilho,e
que a vida parece menos problemática.
Deixei de sonhar sonhos vãos...
Abandonei-me em mim mesma... flutuei... naufraguei!
Fui exilada... e como desbravadora, venci!
Escalei as montanhas do meu ego,
Fui liberta!
Deixei meus pesadelos de lado,
Gritei quando tive vontade, rebelei-me!
Descobri que o melhor da vida estava em mim
Não precisei buscar em outros minhas respostas!
Sancionei meus decretos... repus meus valores
Hoje sou absoluta, cheia de dúvidas...
Ando sem saber em que direção,
Sou humana, afinal!
Não há mais necessidade de ser o que não sou!
Posso decidir, errar ou acertar, e dai?
Cabe a mim e somente a mim as decisões que eu tomar!
E assim me embriago na maravilha de poder dizer:
Sou o que sou e apenas sou!
E caminho a passos incertos, como sempre foram,
mas sem as falsas certezas de antes!
Hoje, a vida é mais celebrada, mais viva
pois são dias com novos olhares,
dias apenas...
Sem as velhas cobranças de praxe!
Alcancei o êxtase, o supremo...
a total Liberdade!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...