Sobre a vida!

As vezes parece que é muito mais fácil ser criança!
Sem as responsabilidades, sem as cobranças, sem os deveres... apenas criança!
Na tarefa árdua de crescer, brincar e observar as nuvens que transpassam o céu como bolas de algodão...
Sem a necessidade de tudo ter que pensar primeiro nas consequências; sem ter que desconfiar ou mesmo desqualificar.
Não sei exatamente em que ponto perdemos nossa inocência, nossa capacidade de enxergar o mundo de forma mais leve, mas percebo que assim o fazemos ininterruptamente o resto de nossos dias.
E nos tornamos quase que automáticos em nossos "bom dia"; "boa tarde"; "como vai?".
Apenas o fazemos por mero hábito ou sequer nos damos conta de quanto tempo não o fazemos.
Perdemos muito rápido a espontaniedade!
Cingimos nossa personalidade com a falsa ideologia de que sabemos mais que os outros; somos adultos; civilizados; portanto estamos acima de quaisquer emoções.
Quão bom é ser criança!
Quão bom é subir no escorregador e descer de braços pro ar, o vento soprando no rosto e nada pra se preocupar!
Quão bom é ver a vida sem as manchas avermelhadas do sangue derramado de um inocente.
Quão bom é ler gibi... cantar cantigas de roda, pular amarelinha, sonhar que é princesa, ou brincar de esconde-esconde!
Subir em árvores para de lá saborear uma fruta... esquecer o tempo!
Ainda poder olhar no espelho e ver apenas o brilho singelo de alguém que ainda não foi contaminado pelos reveses da vida.
Não sei porque não nos permitimos...
É possível ser criança mesmo num mundo cheio de desigualdades, atrocidades.
Podemos deixar as máscaras de lado e de vez em quando e nos permitir viver a beleza da vida pelo olhar da infância!
Pode parecer utópico, nostálgico, sem nexo... mas é possível ser adulto sem perder a criança dentro de nós!
Sorrir sem medo! Gargalhar! Dar pulinhos de contentamento, sim! Por que não?
A vida é única, intransferível, rápida e portanto aquilo que quizeres fazer, faça-o; pois ninguém poderá fazê-lo por você!
Cante, dance, pule, grite, respire!
Não se deixe atrofiar pelos problemas, pois a cada um que se resolve outros teimam em surgir.
Vida cada dia suas experiências sem pensar no passado, pois não há como voltar atrás.
A vida apenas continua, em frente, contínua e sem remake!
A vida só vale a pena ser vivida ser for plenamente!
Não restrinja. Não use de fórmulas mirabolantes... seja você mesmo!
A única forma da sua vida dar certo é você deixar que o fluxo siga em frente...
Não use métodos, não use máscaras, não seja tolo, mas assim como uma criança; aprenda as lições a cada dia uma de cada vez e assim quem sabe, ela possa ser uma vida cheia de histórias pra contar!
Uma criança pode não saber dos perigos que a cercam, mas ela sabe que o que vale é saber jogar.
Na vida o que importa não é perder ou ganhar, mas viver cada momento como se fosse o último e ter a certeza de que fez o melhor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...