Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Sobre o medo!

Não devemos ter medo de ter medo!
Mas não devemos nos omitir por sentí-lo.
O medo nos faz ter limites, mas também impõe limites difíceis de transpor.
Como crianças, devemos aprender e entender que o medo nada mais é do que um limitador.
Nem sempre bom, nem sempre mal.
Sua dimensão está em nossas mãos.
Como os sonhos que pensamos impossíveis...
Eles apenas serão realizados quando abandonarmos o velho pensamento de irrealidade.
O medo pode limitar seus sonhos...
Velhos hábitos também!
Devemos permitir o novo, sempre...
Mesmo que o novo seja algo difícil de conseguir entender.
Precisamos desfazer conceitos, lapidar idéias, demonstrar vontade!
Precisamos encontrar dentro de nós a válvula propulsora de nós mesmos!
E este caminho pode levar anos... é preciso autoconhecimento!
Precisamos enfrentar nossos pensamentos, nossas neuras, nossos monstros particulares.
Viver num corpo de vinte, presos numa mente de oitenta, nada mais é que um grande retrocesso em pleno século vinte um.
Precisamos arejar a alma.
Deix…