Mundo de Imundos!

Mundo pequeno, mundo cão
Mundo de encruzilhadas
Ciladas, bombas e canhão!

Mundo de imundos,
Hipócritas! 

Mundo insensível
De meias palavras, 
De meias verdades.
De gente pela metade!

Mundo estreito
Indecifrável aos ignorantes
Intransponível aos sinceros
Indiferente aos sonhadores
Cego aos que sofrem.

Mundo de imundos,
Hipócritas!

Mundo sem piedade
De crianças na lixeira
De adultos vagabundos
Mesquinhez e mediocridade...

Mundo insosso!
De gente caricata,
De gente sem conteúdo...
Mundo de incertezas
Mundo de misérias!

Mundo que não tem memória
Mundo de gente sozinha...
Mundo inglório!
Solitário, amargo, infeliz!
De gente deselegante,
De gente canalha!

Mundo que gira
Que fede e que cheira
Mundo sem vida
De gente sem alma!
Mundo que mente
Que fere e engana...
Mundo de imundos!

Que escraviza e profana!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio