Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Outra Chance!

Imagem
Eu jejuaria por você...
Trocaria os meus dias de vida, se assim prolongasse os seus...
Daria meu ar para que você pudesse respirar!
Trocaria meu sorriso por uma gargalhada sua!
Eu iria ao fim do mundo, se assim fosse preciso
E não haveria cansaço
Nem distância que impedisse meu caminho.
Posso lhe desenhar nos meus sonhos
Cada contorno seu...
Cada vez que fecho os olhos
Ainda consigo sentir o seu perfume!
E tudo isso por ainda sentir o mesmo doce amor de antes!
Eu seria capaz de mover o mundo
Se com isso tivesse a chance de ter você!
Trocaria o conforto por um beijo seu
Somente para sentir o calor dos seus lábios...
A maciez da sua boca...
E poder mergulhar nas águas calmas da sua saliva
E flutuar na imensidão que é você!
Tudo isso e muito mais...
Se a vida me desse outra chance!
Se o tempo não fosse tão veloz!
Se os meus erros não tivessem sido tão cruéis...
Eu faria tudo diferente!
Andaria duas vezes o mesmo caminho
Correria várias maratonas por você!
Iria percorrer todas as dificulda…

Desconexão

Os bons estão partindo...
Observo a nova geração e nada vejo, senão pessoas vazias
De mente repetitiva, sem intenção.
Analfabetos funcionais... analfabetos virais...
Ou simplesmente analfabetos!
Pessoas que repetem frases sem entender o sentido
Pessoas que riem de piadas reflexivas
Que não sabem o sentido da vida.
Não há criatividade, emoção, cumplicidade.
Talvez por haver cada vez mais informação
Num volume além do que se pode suportar
Ou talvez por incapacidade de pensar!
Parece-me que tudo já foi inventado
E o mundo gira ininterruptamente sem parar!
Os gênios estão morrendo...
E não há substitutos...
Criamos jovens eletrônicos, que não sabem escrever
Que não conhecem intimidade
Que vivem das redes sociais.
Pessoas desconexas, solitárias
Vazias, banais!
Não há novos idealistas
Nem confrontadores
Apenas meros repetidores
De algo além de sua compreensão.
Pessoas perdidas num mundo
Onde tudo parece diversão
Num tempo acelerado sem instrução.

Meu País!

Eu gostaria de entender, mas é melhor nem tentar
Ou melhor, eu entendo... mas fica difícil aceitar
O poder midiático é inquestionável quando se trata de manipulação...
O poder público é inquestionável quando se trata de interesses pessoais...
O poder financeiro é quem de fato detém o Poder!
São tantas as constatações que por um momento tudo parece ser em vão!
Mas então, volto meus pensamentos aos grandes pensadores, aos que lutaram por justiça social;
Aos que foram mortos por uma causa; aos que detinham mente e coração numa única determinação!
Volto meus pensamentos aos que tinham conteúdo além do próprio bolso.
Àqueles que foram e ainda são os grandes heróis de nossa História.
Homens e mulheres que não eram coniventes com o erro.
Pessoas de índole, de caráter, de moral ilibada...
Não eram e nunca foram santos!
Mas eram dignos!
Pessoas que ao levantar uma bandeira, faziam-no por acreditar pelo que lutavam.
Que não se vendiam aos poderosos
Que gritavam em alto e bom som contra o sistem…

Entre Notas Musicais...

A vida é uma trilha sonora e cada um de nós temos a nossa... Em estrofes de alegria, tristeza, solidão... Em nuances de dó, ré, mi, fá, sol, lá, si! E lá vamos nós, perdidos em lembranças Navegando em antigas emoções... Notas musicais que nos fazem sonhar... Entre agudos e graves, suspiros ecoam. E tantas vezes rolam as lágrimas... E tantas vezes apenas sorrimos! A melodia encanta a alma. E viajamos nas lembranças nem sempre doces de um tempo Que vai bem longe na história... E canções tem o dom de contar a nossa vida Nossa infância, nossa juventude, nossos amigos... Canta cada fase em várias vozes! E ficam ressoando em nossas mentes  Como companheiras de aventuras, de medos e paixões! A música embala sonhos, Provoca emoções indescritíveis... Contagia com seus ritmos. Faz desafinado afinar! Seja clássica, contemporânea ou atual A música fala todos as línguas, em todas as épocas E não faz distinção. Todos temos uma nota musical a cantarolar... Em maior ou menor escala, Entre belas notas…

Eita Povo...

Eita povo que nada vê!
Não sabe fazer conta
Ou não sabe ler ?

Tem projeto que nada cria
Tem ONG que nada faz
Tem corpo estendido na via
Enquanto tem gente que pede paz!

Eita povo enrolado
Que troca voto por
Uns meros trocados!

Tem lixo esquecido no chão
Ruas sem asfalto,
Com mato,
E muito politico ladrão!

Eita povo enganado
de um lado pro outro
jogado...
Como gado marcado a sofrer!

Tem tragédia todo ano
Com vários corpos a contar
seja aqui ou acolá...

Tem notícia de polícia
Tem notícia  sem razão
Tem gente que acredita
Que não tem mais solução!

Eita povo iludido
Pelos gritos do futebol...


Ensaio Sobre Tragédias...

Imagem
Novamente as mesmas cenas...
Casas derrubadas, pessoas soterradas,
Vidas ceifadas e ninguém pra responder
As mesmas velhas indagações
que permeiam eu e você...
Onde está o dinheiro que deveria ser usado na prevenção
desta tragédia já anunciada há anos?
Vemos obras para estádios de futebol, vemos obras de novos museus,
vemos o tão falado e aclamado Porto Maravilha, mas não vemos efetivamente
responsabilidade com a vida humana.
Vida esta que vemos estampadas em lágrimas pela mídia... num desespero único
de quem tudo perdeu.
E as imagens dizem tudo!
Rios assoreados pela má educação de um povo que sonha com a Copa do Mundo, mas que
não pensa um futuro mais sólido.
Um povo que se ilude no brilho luxuriante do carnaval, mas que vive de um salário que mais parece pilhéria.
Num País de riquezas mal distribuídas... onde pobre cada vez fica mais pobre!
Corrupção é carro chefe... onde diplomas são comprados nas esquinas, pouco importando se vidas estarão em risco...
Onde médicos fraudam pontos...…