Meu País!

Eu gostaria de entender, mas é melhor nem tentar
Ou melhor, eu entendo... mas fica difícil aceitar
O poder midiático é inquestionável quando se trata de manipulação...
O poder público é inquestionável quando se trata de interesses pessoais...
O poder financeiro é quem de fato detém o Poder!
São tantas as constatações que por um momento tudo parece ser em vão!
Mas então, volto meus pensamentos aos grandes pensadores, aos que lutaram por justiça social;
Aos que foram mortos por uma causa; aos que detinham mente e coração numa única determinação!
Volto meus pensamentos aos que tinham conteúdo além do próprio bolso.
Àqueles que foram e ainda são os grandes heróis de nossa História.
Homens e mulheres que não eram coniventes com o erro.
Pessoas de índole, de caráter, de moral ilibada...
Não eram e nunca foram santos!
Mas eram dignos!
Pessoas que ao levantar uma bandeira, faziam-no por acreditar pelo que lutavam.
Que não se vendiam aos poderosos
Que gritavam em alto e bom som contra o sistema!
Volto-me para eles na esperança de recomeçar a ter fé!
Ter fé de que é possível um País de igualdade, de sonhos possíveis!
Onde o pobre tenha condições de ser digno!
Sem "bolsas disso ou daquilo", numa esmola miserável que não tem fim.
Sem cotas de negros, pardos e índios...
Afinal, que índios?!
Se os que ainda persistem em existir, estão sendo extinguidos...
Quero poder acreditar numa educação de verdade
Onde pra começar, professores tenham seus direitos reconhecidos
Onde não haja mais compras de diplomas, mas que possa formar verdadeiros cidadãos.
Quero ter fé e poder dizer que é possível viver sem violência
Que nada disso é utopia!
Quero voltar a ter fé no meu País! Onde Ordem e Progresso seja uma realidade nacional...
Onde cartões corporativistas sejam coisa do passado e político de verdade exerça suas funções!
Onde haja direitos humanos para humanos direitos e nenhum proselitismo possa imperar...
Quero ter fé de que as gerações futuras estarão vivendo numa Nação justa e laica.
Busco não me desesperançar com os constantes noticiários escandalosos, envolvendo nomes que antes
eu acreditava...
Busco a confiança irrestrita de que ainda temos homens de bem.
Mesmo não querendo aceitar a difícil constatação de que o Homem é corrompedor, quero poder dizer um dia que tudo valeu a pena!
E mesmo que meu País não seja o ideal de igualdade que sonho, que eu possa continuar lutando por aquilo que tanto acredito.
Numa Pátria rica em sonhos que não haja sonhos impossíveis a se realizar!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...