Ao Longo do Caminho!

Percorremos terrenos íngremes ao longo da vida...
Subimos e descemos montanhas.
E no decorrer dos dias repetimos o mesmo caminho várias vezes
Até que aprendemos alguma lição...
E são tantas a aprender e também a  ensinar
As vezes ignoramos, as vezes nem sequer visualizamos
Mas é fato que estamos aqui por algum motivo.
E mais importante que falar é silenciar
Ouvir a voz interior que as vezes grita e que teimamos em não
prestar atenção...
Queremos ter sempre razão.
Esquecemos que nem sempre estamos certos
Erramos muito mais do que acertamos
Criamos um mundo de ilusões e
Acreditamos em desvios nebulosos
Construímos verdadeiros abismos até que um dia
Desvendamos os mistérios de viver.
E viver é tão bom, tão simples
Que qualquer outra coisa não significa nada.
Mais vale o aroma das flores, o entardecer alaranjado
Um dia na beira de um lago
Ou o sereno de mais uma noite.
E depois de tantos caminhos, idas e vindas
Retornos e contornos...
descobrimos que tudo que realmente vale a pena é:
VIVER!
Viver mesmo sem entender
Mesmo que não haja sol no céu
Mesmo que haja tempestade
Pois a vida é repleta de novidades a cada esquina
Repleta de sonhos e agonais
E por si só é algo mágico.
E pouco importa os tropeços do caminho
Pois na reta final o que permanecer chama-se: Vivência!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio