Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

Uma Vez Mais...

Imagem
Permita-me sentir o teu perfume
Compartilhar contigo o amanhecer
Respirar o ar frio do orvalho
E envolver-te em meus braços
Só por um momento...
Deixe-me sonhar!
Sentir o aveludado de tua pele
Como somente as rosas mais raras possuem
E embrenhar-me no doce dos teus beijos
Uma vez mais...
Permita-me na aurora da minha vida
Poder sentir o gozo dos teus lábios
Numa franca aceitação do meu amor
E viaja comigo nesta dança
Onde tudo é permitido aos amantes.
Sinta e desarme-se!
Entregue-se sem pudor...
Deixe que a relva nos envolva
Numa cama natural
E não pense em nada!
Não tenha pressa... Cavalgue devagar!
Sinta minhas mãos nos teus cabelos
Permita-me ser parte de ti
Somente desta vez, por este momento
Uma vez mais...
Que as gotas do orvalho banhem nossos corpos
Numa suave testemunha desta insanidade.
Onde não há limites, onde não há nada.
Entrega-te!
Fecha os olhos, veja o infinito
Caminhe ao meu lado, caminhe comigo!
Faço o convite em sussurros, mas estou gritando, amor!
Ouça-me... sinta -…

Nas Tuas Páginas

Imagem
Viajo em tuas páginas... Conheço inúmeros lugares e pessoas Faço amigos, choro com eles Rezo por eles e me alegro em suas aventuras. Deslizo em tuas linhas tão vorazmente que  Não desejo que tenhas fim. Vou com sede em tuas histórias Mistérios, suspenses, romances Prosas e versos tão bem desenhados E mesmo se as tuas páginas estiverem em branco Não importa, pois nela desenho minha história Na ânsia de lê-lo um dia E vou me desnudando em tintas milticoloridas Nas tuas linhas... Ah, vou feito louca em tuas entrelinhas e Esbanjo felicidade com vilões e mocinhas. Perco horas em tuas facetas cheias de fascínio Vou madrugada a dentro Sonho os desfechos, debato. Indico aos amigos, releio os parágrafos! Aprimoro-me em ti!

Auschwitz

Imagem
Auschwitz...
Não quero lembrar-me de ti
Maldita entre todas
Cercas de arame farpado
Fornos queimando sonhos
Corpos empilhados
Humanos destroçados!
Num mar de miséria e fome!
Na loucura de um único homem...

Não quero lembra-me de ti
Impura e cruel messalina
Tão fria e calculista
Amiga íntima da morte!
Tuas paredes são manchadas de lágrimas
De trajetórias interrompidas
Homens e mulheres sem sorte
Que não viveram a vida!

Auschwitz maldita!
Inimiga da felicidade
Matastes tantos inocentes
Ainda na mocidade
Que ainda ouço o grito latente
Ecoando na eternidade.

Não quero lembra-me de ti
Mas sou traída pelas lembranças
Dos sonhos de tanta gente
No olhar de uma criança
Todos perdidos num tempo
Em que a fé era uma esperança.

E tu matastes a tantos
Com requintes de crueldade
Nos teus muros, pura maldade
Sangras por quantos?
Oh, lástima do mundo
Que ousaste existir
Matastes um pouco de tudo
Mas a vida ousou resistir!

Não quero lembrar-me de ti!
Nunca mais Auschwitz!






Meus Olhos

Imagem
Vislumbro a minha face frente ao espelho
Procuro desnudar o meu olhar
Tento invadir os meus mistérios
Conhecer-me... não me conheço!
Nada sei do que sou.
Vejo um ser ambíguo
Vejo um corpo!
Mas os olhos não mentem
Não escondem
Transmitem!
Podem ser singelos
Podem ser indiferentes.
Meus olhos... ah, os meus olhos!
Quanto de mim podem denunciar?
Quanto sabem de mim que nem sei?
Descrevem-me tão nitidamente que estremeço.
São cruéis, são doces, são puros, são tolos!
Espelhos da alma, espelhos de mim.
Fotografam o mundo
Eternizam momentos
Choram sem lágrimas
Gritam sem  palavras
Podem escarnecer ou silenciar
Guardam todos os meus sentimentos
Revelam-me a todo momento
Meus medos, minhas angústias
Minhas alegrias e tristezas
Mas omitem também...
A menina, a criança, a solitária
A mãe, a mulher, a sedutora
Pois sei que tudo sou um pouco
Nas várias facetas dos meus olhos...

Amigo.

Imagem
Amigo não tem cor, não tem raça
Amigo é amigo e ponto!
Amigo ampara, consola, irrita
Diz o que pensa e também se cala.
Amigo pode ser chato, inoportuno
Brincalhão ou taciturno...
Não importa!
Amigo por si só se basta!
Amigo não desiste, estimula
Luta e sofre junto.
Participa das conquistas,
Chora com as derrotas.
Amigo não esconde a verdade
Fala o que tem que ser dito
Amigo é de todas as horas
Amigo dá as mãos, segue junto
E mesmo estando longe, não rompe os laços.
Amigo é abraço certo...
Num silencioso olhar de cumplicidade .
Amigo é divertido, bondoso
Ciumento e vaidoso.
Amigo enriquece a vida
É mais valioso que a prata e o ouro
E quem tem um amigo
Tem mais que um irmão.

Nós...

Imagem
Desvenda-me!
Penetra na minha alma
Desnuda-me!
Invada-me o íntimo
Destroça-me!
Faz-me nua!
Sem segredos,
Toda tua!
Explora-me!
Suga-me por inteira
Exponha-me!
Engana-me...
Traga-me de volta
Devolva-me à vida!
Renasça-me!
Rasga-me inteira
Vasculha-me
E me diz quem eu sou!
Delicia-te nas minhas curvas
Realiza-te em mim
Compartilha o teu suor no meu
Grava-te nas minhas lembranças
Tornemo-nos um...
Num único compasso
Num único espaço
De bocas e braços
Pernas, gemidos e abraços
Tudo num único tom
Num único som
Chamado: nós!

Ensaio Sobre Essência.

Imagem
Eu queria morar numa floresta onde o homem não habita
Onde a vida é mais florida, com ecos de leveza.
Onde pássaros cantam livres, voam sem medo
Onde o ruído das águas são canções aos ouvidos...
E o farfalhar das folhas dominam.
Queria o isolamento das cavernas mais profundas
Onde o homem nunca tenha pisado.
A certeza absoluta de que seria o meu refúgio
Onde nada nem ninguém pudesse expor os meus defeitos
Onde eu pudesse ser eu mesma, sem máscaras.
Queria ser tão livre quanto o vento
Que pode estar em qualquer lugar
A qualquer momento, em qualquer velocidade.
Ser suave, ser extrema, ser o que eu quisesse ser.
Mas, eu queria mesmo era poder habitar por entre as montanhas
Onde os raios do sol não alcançam o solo,
Assim como a névoa que a tudo envolve
Subir e descer vales e rios, córregos e cascatas.
Embrenhar-me entre trilhas nunca feitas,
Ser selvagem, ser parte da Mãe Terra.
Revolver-me em suas entranhas, deleitar-me nos seus mistérios.
Onde nada pudesse ser mais importante do que ape…

Faxine-se!

Imagem
Como está a sua alma?
Consegue desvencilhar-se dos rancores?
Consegue vislumbrar as coisas boas da vida ou se apega aos negativos?
Estas perguntas podem servir de reflexão e dependendo das respostas, talvez possamos encontrar as soluções.
Muitas pessoas passam a vida a reclamar, insatisfeitas, infelizes e responsabilizando o mundo por seus fracassos e decepções.
Não conseguem entender o sentido da vida, suas aprendizagens.
Olham e nada percebem.
Alguns estudos apontam que algumas dores físicas são, nada mais nada menos; do que um reflexo de como está o íntimo.
Se a alma não perdoa, a alma adoece!
E se pensarmos desta forma veremos que tem sentido...
Tudo que se acumula tende a transbordar.
Os sentimentos são elementos fundamentais a todos os seres humanos, sejam eles altruístas ou não.
Mas precisamos entender como canalizá-los a nosso favor.
Se amor em demasia, sufoca, falta de amor; corrói...
Quando permitimos que sentimentos como raiva, mágoa, ódio ou ressentimentos floresçam dentro…

Criar é Transmitir

Imagem
Criar um filho é um exercício de paciência.
Requer tempo, dedicação, amor.
Filho é alegria para uns e inferno para outros
É conflito de geração, de pensamento, de emoção
Criar um filho quer dizer que somos responsáveis por outro ser humano.
Ditamos as nossas regras, ensinamos as  nossas vivências e esperamos o sucesso.
Olhamos para os nossos filhos e queremos nos ver neles... sentir orgulho!
E por isso é tão doloroso quando visualizamos os defeitos...
E tão maravilhoso quando identificamos nossos traços neles, ou parte daquilo que somos e que frutifica no decorrer de suas vidas.
E como é bom perceber que os valores não foram ignorados...
Queremos ser parte de suas decisões... sentir-nos  necessários.
E quando esta necessidade já não se faz mais presente, compreendemos que fizemos nosso trabalho.
Embora seja gratificante, também o é com frustração que percebemos que já são auto suficientes.
Criar um filho é dar de si a cada dia, cometendo erros e acertos pelo caminho
Ninguém vai errar …

Mudança e Pensamento.

Imagem
Acreditar! Eis a palavrinha mágica da vida, dos sonhos. Ninguém vai comprar a nossa ideia,  Ninguém vai sanar os nossos problemas Ninguém vai ser aquilo que nós somos! Isto é fato! A vida é um cheque em branco pessoal Intransferível, sem roteiros ou dicas de como dar certo. Então tudo que temos é o pensamento! Nele se concentram as nossas forças Atitudes são provenientes dele. Se erramos ou acertamos, depende de nós Pois temos o livre arbítrio de pensar e decidir. Ninguém crê se nós não crermos em primeiro lugar. Parte de dentro de nós o desejo Aquela chama propulsora da vitória. Podemos aprimorar dons, detalhes de projetos, Podemos trilhar caminhos diferentes, ardilosos Mas tudo que temos desde o início é o pensamento. E aquilo que pensamos faz diferença. O fracasso é algo que temos que aprender a superar Temos que aprender a entender onde estamos falhando Entender onde e o que precisa ser mudado Mas de modo que a mudança seja feita em primeiro lugar dentro de nós! Não adianta querer …

Uma Oração

Imagem
Estou aqui...
Perdido em memórias tão sofridas
Nu em silêncios e sorrisos
Dedilhando as feridas em redor!
Pai...
Eu não sei quanto eu fiz de errado
Sei que vivi, em conflitos e em pecado
E por isso ardo em dor assim.
Não confesso em palavras os meus erros
Sou humano e assim o sendo
Calo a voz, mas o silêncio acusa
As minhas dores eu tenho que aceitar!
Eu vaguei, corri o mundo, um vagabundo
Fui herói e fui bandido
Moço revolto, crioulo doido
Um tanto destemido
Fui mais do que eu  tinha que ser!
Oh, pai!
Perdoa este filho sem sentido
Ingrato, amargo e insensível
Que não soube a vida aproveitar...
Restitui minha dignidade
Que por pura vaidade
Deixei o tempo levar!
Expõe as minhas tolas rabugices
Mostrando-me o caminho a seguir.
Declara no teu livro o meu nome
E assim minha alma terá paz!
Pai... somente Tu poderás me refazer
Na Tua Graça eu Hei de Vencer
Pois a minha fé o mundo não levou!
E estas são, as palavras de um pobre arrependido
Que viu no mundo um banquete de ilusões
Mas que hoje,…

Sobre Abraços...

Imagem
Existem mil palavras embutidas no silêncio de um abraço
Pode-se dizer que ama, pode-se dizer que não
Pode-se dizer que tudo vai passar
Ou dizer que tudo não passa de um pesadelo.
Pode-se muito com um abraço.
Quem o recebe, conforta-se!
Quem o dá, regojiza-se!
Trata-se de um ato de doação.
Damos calor humano, energia.
Entregamos ao outro um pouco de nós!
E não há quem nunca tenha dado ou recebido um abraço...
As vezes é tudo que se precisa
Na alegria dos dias, no silêncio da dor
Nos incontáveis fracassos ou soluços de amor.
Este gesto tão simples, ilumina a vida.
E nenhuma frase é capaz de eliminá-lo
Pois assim se mata a saudade!
Num doce e terno abraço de chegada
Ou quem sabe numa triste despedida
Um abraço sempre faz parte.
Seja de amor, amizade, individual ou coletivo
O abraço aproxima, aquieta, traz harmonia.
E ao longo da vida, abraçamos causas
Desejamos o abraço de alguém...
E criamos laços indestrutíveis quando revisamos as lembranças
E configuramos as frases dos abraços já vivid…