Dicas de Como Evitar Situações de Violência.



Como evitar situações de violência?

Identifique um ou mais vizinhos para o(s) qual(is) você pode contar sobre a violência, e peça para eles ajudarem se ouvirem brigas em sua casa.

Se a briga for inevitável, certifique-se de estar em um lugar onde possa fugir e que não haja armas no local.

Deixe em um lugar seguro um pacote com cópias de seus documentos e de seus filhos, dinheiro, roupas e cópia da chave de casa para o caso de ter de fugir rapidamente.

Planeje como fugir de casa em segurança, e o lugar para onde poderá ir em segurança.

Nunca brigue na cozinha, ou em lugar que haja armas ou facas, assim como evite lugares onde as janelas tenham grades, ou sejam pequenos e de uma única saída como os banheiros, quartos etc...

Não corra para o local onde as crianças estejam. Elas podem acabar sendo também agredidas.

Ensine às crianças a pedir ajuda e a se afastar do local, quando houver violência. Planeje com elas um código qualquer para avisar que está na hora de buscar socorro ou abandonar a casa.

Fale com uma vizinha em quem possa cofiar,e combine um código de comunicação para situações de emergência, como: " Quando visualizar o pano de prato na janela, chame ajuda!"

Deixe registrado em seu celular números de emergência como 190 ( polícia militar) ou 180.

Entenda:

1) 0 primeiro sinal de perigo é o comportamento controlador.  Sob o pretexto de proteger ou oferecer segurança, a pessoa potencialmente violenta passa a monitorar os passos da vítima e a controlar suas decisões, seus atos e relações.

2) 0 rápido envolvimento amoroso pode também sinalizar perigo. Em pouco tempo a relação se torna tão intensa, tão insubstituível, que a futura vítima se sente culpada por tentar diminuir o ritmo do envolvimento. Nas palavras do(a) agressor(a) “a futura vítima é a única pessoa que pode entendê-lo(a)! Ele(a) nunca amou ninguém daquela forma e estará destruído(a) se ela(e) o(a)abandonar...”.

3) A pessoa tipicamente violenta, geralmente, desenvolve expectativas irrealistas com relação à parceira. Espera que ela preencha todas as suas necessidades, exigindo que a mulher seja perfeita a como mãe,esposa, amante e amiga. Acaba por colocá-la em posição de isolamento, criticando e acusando amigos e familiares e procurando impedir, das mais variadas formas, que ela circule livremente, trabalhe ou estude.

4) 0 homem ou mulher violento(a), por outro lado, revela uma hipersensibilidade, hipersensibilidade mostrando-se facilmente insultado(a), ferido(a) em seus sentimentos ou enfurecido(a) com o que considera injustiças contra si.

5) 0(a) autor(a) de violência também pode revelar crueldade com animais e crianças, e gostar de desempenhar papéis violentos na relação sexual, fantasiando estupros, desconsiderando o desejo da parceira ou exigindo disponibilidade sexual em ocasiões impróprias.

6) 0 abuso verbal é também um sinal que pode preceder a violência física. O(a) agressor(a) poderá ser cruel, depreciativo, grosseiro. Tentará convencer sua parceira de que ela é estúpida, inútil e
incapaz de fazer qualquer coisa sem ele(a).

7) Se houver outros abusos no passado, ele(a) tentará negar, responsabilizando suas vítimas anteriores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio