Nem Príncipe, Nem Sapo!

Príncipe ou sapo?
Cada mulher tem o seu ideal de homem e vice-versa...
Cada ser humano quer alguém para chamar de "seu"!
O problema começa quando as qualidades são inferiores aos defeitos...
Quando o sonho começa a desmoronar.
Não existe ninguém perfeito e isto é fato, mas aquilo que idealizamos fala mais alto na hora do amor.
Talvez seja só uma ilusão de ótica, mas enxergamos algo mais...
De repente a gentileza vira algo extremamente maravilhoso, quando deveria ser vista apenas como algo normal.
Super valorizamos o outro e esquecemos de que todos são passíveis de erros.
Os príncipes também tem dúvidas, também são indecisos, também andam a pé!
Uma relação precisa de equilíbrio, de sensatez.
Geralmente o sonho feminino está numa relação que dure para sempre, mas o quê dura para sempre?
Sentimentos podem acabar, sonhos podem ser desfeitos.
Ninguém ama igual.
Idealizar alguém e cobrar que seja exatamente do modo como se deseja é insensatez.
Ao amar o outro temos que saber diferenciar os defeitos e as qualidades que também existem em nós!
Relacionamento é convivência e conviver é complicado!
Ninguém vai estar vinte e quatro horas do dia em estado de êxtase, nem tão disposto a satisfazer as nossas necessidades.
Compreender as falhas também é um ato de amor.
Saber que o outro também tem as suas carências, é algo que induz ao respeito, à tolerância.
E por falar em carência... quantas pessoas estão em relacionamentos cheios de carência?
Falta o diálogo, os silêncios de cumplicidade, o olhar mais atencioso, o elogio, o tempo de estar junto.
Tem gente que habita no mesmo espaço, mas que não convive no dia a dia!
São seres que dormem e acordam juntos, mas que não possuem intimidade.
Não partilham a mesma sintonia.
E mantém uma relação cheia de frustrações, de aparências e cobranças.
A idealização do outro surge todos os dias, quando a relação começa a dar sinais de que algo não vai tão bem quanto deveria ou se desejou.
É aí que surgem as dúvidas, as incertezas, as obrigações!
E sentimento é algo que nunca deve ser posto como obrigação!
Ou se sente ou não se sente.
Não há meio termo no trato dos sentimentos...
E amar alguém é aprender no dia a dia a conviver com qualidades e defeitos, erros e acertos, palavras e silêncios!
Não exigir que o outro seja do jeito que se quer é um bom começo para uma relação saudável.
Não existe príncipe encantado nem sapo, existe sentimento!
Quando se ama, tudo o que há é uma entrega!
Um confia no outro a ponto de não ter que exigir nada, pois cada um exerce o seu papel como gostaria que o outro o exercesse.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...