Sobre Ser Livre

Nenhuma liberdade pode ser vivida engaiolada...
Como pássaros, precisamos de asas para alçar voos
Correntes e grilhões não podem prender uma mente livre.
Aprisiona-se quem atrofia a si mesmo...
Nos sonhos perdidos no tempo, no que nunca realizou.
Medos são prisões, dúvidas são calabouços.
E os fossos mais profundos são as mágoas.
Criam sulcos tão intensos que apagam a beleza da vida.
Somos livres quando nos deixamos partir de nós mesmos...
Quando nossas limitações deixam de existir.
E como os pássaros alçamos voos cada mais mais ousados e planamos em superfícies inimagináveis.
O céu não é o limite!
Existem outros mundos, outros sonhos, outras possibilidades...
Voar nem sempre significa tirar os pés do chão!
Existe um mundo desconhecido dentro de cada um de nós... e este mundo pode ser da cor que nós quisermos que seja.
E mesmo que o seu mundo tenha cor de cinza, pelo menos não é em branco.
Páginas em branco nada tem a acrescentar, senão o arrependimento do que nunca foi visto ou vivido.
Qualquer que seja a cor, já valeu a pena.
A liberdade de escolha é fantástica!
E ser feliz com o que se escolhe é uma forma de libertar a nossa mente.
Não precisamos que nos digam o que combina com o quê... Não precisamos de guias para o nosso interior. As nossas paredes, nós modelamos como desejarmos.
E não ter medo das tempestades significa  não ter medo de viver!
Todas as nuvens podem estar carregadas...
Todos os ventos podem soprar contra...
E mesmo as correntezas podem ser as mais ferozes, que mesmo assim, se formos livres por dentro nada, nem ninguém conseguirá impedir que sejamos livres de fato!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...