Caminhamos!

Caminhamos por tanto tempo
Num lance muito divertido
Entre lágrimas e sorrisos...
Ao sabor da chuva, ao sabor do vento!

No meio do nada...
Perto de lugar nenhum...
Fomos além das fronteiras
Loucas, insanas, estradas, cachoeiras...
Nos dias frios, madrugadas,
Num só juramento "Um por todos e todos por um!"

Caminhamos na mesma direção...
Fomos longe, fomos além!
Parecíamos num único compasso
Batidas de um só coração
Não havia obstáculo, ninguém
Que pudesse estreitar os nossos passos!
Tínhamos um laço, um trato...
Linhas feitas de aço
Para qualquer ocasião.
De carro, á pé, de avião...
Segurando as mãos
Com medo de voar...
Fomos mais que todos
Poderiam imaginar...

Alemanha, Viena... Polônia!
Entre aeroportos, voos agitados
Corações descompassados!

Vivemos coisas maravilhosas
Lugares inesquecíveis!
Fizemos uma linda história
Daria um livro de imagens...
Juntando nossas memórias.

E sei que te reconheces nestes versos...
Que nem versos são
Senão o retrato de uma vida
Cheia de emoção!

E quantos mais detalhes a contar?!
Macaé, Cabo Frio, Sana
Porto Seguro, Cabrália...
Tô a Toa... um sorriso por cada lembrança
Da barcaça à Praia do Espelho
Emburrada feito criança...

E estes versos são referência
Das estradas que percorremos
Geribá, Tucuns, Parati, Angra dos Reis...
Búzios, ensolarado!
O pôr do sol, o Eldorado!

Caminhamos além do mundo...
Quebramos tabus, mergulhamos fundo
Sushi, sashimi, Origami...
Tantos planos... tantos anos!

Fomos o que podíamos ser
Entre erros e acertos
Como a vida permitiu acontecer!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...