Mulher!

Mulher, menina, moleca
Fêmea, mãe, sapeca!
Dona de mistérios...
Cheia de venenos
Risos, sérios...
Guardiã de segredos.
Mulher, senhora, poderosa
Nua. crua, carinhosa...
Diva, criança
Serena e tão livre
Útero de esperança
Absoluta, criatura
Divina soberana
Mulher, teu nome é aventura
Rica, pobre, mucama.
Sempre acolhedora
Nos teus seios dominantes
Perturbadora, alucinante
Fogo e ventania
Mulher és alegria
Alma de amante!
Sexo frágil?
Frágil ilusão
Do homem, desdenhas
Quebranta o coração...
Mulher és a força
De um exército inteiro
Sereia, mulher, guerreira
Sexo que manda
Cria da vida
Dona do mundo!
Estrela do cosmos
Névoa de aromas
Mistérios da alma...
Mulher, ternura...
Diabólica e santa.
Magia que seduz
Corpo que encanta...
Mulher...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio