Sexta-Feira Treze...

A sexta-feira é treze!
Mas e se fosse sete?
Pouco importa... mais vale a fé!
E se o gato é preto,
Pinte de branco a sua mente...


Não deturpe o pobre gato!
Use alho, use fitas, bandeiras...
Patuás e outras asneiras
Para o mal desequilibrar!
Ferradura atrás da porta...
Ou sal grosso para espantar.
A sorte é de quem acredita
Não de quem ousa duvidar
Gato preto é só um gato
Que o povo quis desprestigiar...



Pobre gato tão bonito
Que nem sabe a cor que tem
Pois se o soubesse, com certeza
Iria miar com desdém...
A sexta-feira é treze!
O preconceito é seu
O dia é igual ao outro
Não desarmonize o meu!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...