Devaneio...

Vida, foco, miragem...
Olhos tortos... 
Desfoco, bobagem
Perto ou longe, sem rumo.

Dias, noites, sem lua
Vazio, frio, no prumo

Dores, amores, profano
Cruel, amargo, humano!

Costuras, fissuras, 
Medos, dramas, chamas...
Frescuras... Loucuras

Ruas, vielas, favelas
Pontes, escadas, 
Portas e janelas...
Morte, choros e velas.

Rima,  sem rimas, poemas
Vidas despersas, problemas.
Infinito... Tão finito quanto as eras!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...