Corda Bamba...

A vida não lhe dá garantias de absolutamente nada.
É fato que se fizer o certo a probabilidade de dar errado é menor, mas é só isso.
Nascemos e vivemos numa constante corda bamba, como aqueles primeiros passos que damos ao aprender a caminhar...
Começo a acreditar que tudo é uma tira de Slackline, a tira de nylon estreita e flexível que faz a cabeça da garotada.
Um passo de cada vez, braços estendidos e olhar para o futuro... e mesmo assim, corremos o risco de cair, não uma única vez, mas quantas vezes desviarmos o foco.
E nesse cair e levantar vamos escrevendo as nossas vidas, cada um com as suas expectativas, decepções, desamores, vitórias e fracassos.
Somos passageiros do destino e a única certeza disso tudo é que deixaremos de existir.
Um dia deixaremos de viver as emoções conflitantes desta corda mágica e tão desafiadora.
E nos tombos do caminho nem sempre teremos redes de proteção, cordas de apoio, nada. Despencaremos no abismo sem paraquedas... Voo livre para o desconhecido.
E não será fácil retomarmos as rédeas.
Acredito que não a temos nas mãos em momento algum...
Percorremos uma estrada sem mapas o tempo todo, acreditando que estamos fazendo aquilo que nos propomos a fazer.
Mas quem disse isso? Onde está o manual da trilha?
Será apenas uma linha reta ou teremos desvios?
Acredito que teremos sempre novos atalhos, mas nunca será aquilo que pensamos que seria.
Viveremos na estreita tira flexível do início.
Não temos nenhuma certeza.
De absoluto na vida, somente a vida que se tem...
Equilíbrio é uma conquista!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...