Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Lá na Serra...

Imagem
Então tá...
Vamos subir a serra,
Andar por entre as nuvens... Flutuar!

Um dia lindo,
Tão lindo que não há o que falar
Da luminosidade do dia
Do quanto é bom sonhar...

Sobe serra, desce serra
Vem pra praça, só que não...
Onde canta o galo
Onde nasce o riachão...

Maringá, Maromba
Vale de Sta. Clara
Vai subindo, vai descendo
Passa Visconde de Mauá...
Vem chegando seu "Franguinho"
Lá no alto, vem sorrindo
As boas vindas ele nos dá!

Olha a nuvem, olha lá
Penedo, Itatiaia
Entre curvas a bailar
Sobe errado a estrada
Que não era pra pegar.
Entre crepes, caldos
E chocolates pra provar...

Só nos resta rir de tudo
Onde a serra encontra o mar
Nas florestas luminosas
Nas estradas sinuosas
Uma árvore abraçar...

Trilha sonora entre cantos
Entre pássaros a voar
Cachoeiras de águas frias
Bambuzais para enfeitar.

Belas lembranças
Vão comigo.
Pela vida festejar
Nesta vida tão inóspita
Nessas águas me banhar.

Gente simples, vida mansa
Tudo passa devagar
Só não passa o pensamento
De um dia lá volt…

Na Luta!

Imagem
Permaneço aqui, firme!
Absolutamente intrincada em lutas,
Envolta por ideologias minhas e suas, nossas!
Num emaranhado de dias e noites sem dormir
No cadafalso dos mártires imortais!
Na busca incessante de melhorias internas e exteriores...
Chamam-me: A louca! Que seja...
Perdi todos os paradigmas de sanidade
E para quê?
Ser certo num mundo  de erros...
Na minha desvairada loucura, cometo acertos!

Permaneço aqui, com garra!
Por todas nós que sofremos caladas
Por vidas que nem conheço e nunca saberei
Mas finjo saber, pois realmente sei!
E nos silêncios cheios de gritos, ouço
Cada voz que nunca será conhecida
Mas que poderá ganhar atenção.
Falo do improvável, eu sei
Mas é a minha luta, nossa luta
De todas nós!
Mulheres que caem e se erguem
Mulheres que ousam expor!
Mulheres que rasgam as roupas
Mulheres que morrem de amor!