Repúdio!

"Posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo" ( Frase atribuída ao filósofo Voltaire).
Isso pode ser aplicado ao princípio da democracia. E assim caminha a humanidade... ou boa parte dela. Mas em se tratando de Brasil, acredito que vai mau das pernas...
Não consigo entender um País como o nosso, com problemas sociais tão graves, onde a distribuição de renda é desigual e discriminatória, com tanto por fazer

 no entanto, só faz retroceder. Em um único dia, numa só votação proselitista e religiosa conseguimos retroceder uns trinta anos na História.
Que tipo de política é essa que invés de punir o agressor, pune a vítima? Fazer com que uma vítima de estupro comprove que foi estuprada não é somente um retrocesso, mas a confirmação de que continuamos sob a mão pesada de um patriarcado machista, sexista e que contribui para a impunidade. 
Não precisamos de política religiosa, precisamos de política para todos.
A mulher não precisa sofrer a violência institucional do Estado. Precisamos de leis que nos ampare, que nos dê um norte. Precisamos garantir que Direitos já instituídos não sejam retirados. 
A luta pela garantia dos direitos femininos já conquistados encontra-se ameaçada. Precisamos de mais engajamento das mulheres nas frentes de participação política, pois sendo maioria neste País de tantos desacertos, não podemos nos deixar silenciar. 
Você tem o direito de não querer abortar, mas isto não lhe dá o direito de impedir que outras assim o queiram. Vejo como  princípio da democracia  a defesa dos direitos! Qualquer outra coisa que vá de encontro a isto é uma violação.
Fica aqui o meu repúdio como Mulher, Mãe, ativista, cidadã e humana aos políticos que hoje apenas fazem contribuir ao erro e a todos aqueles que se omitem por não levantar a voz!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...