Brasil.

Recebi um e-mail perguntando qual é a minha visão sobre o Brasil...
O meu País... meu País Brasileiro!
É estranho pensar na minha terra e ver as disparidades que nela se encontram. Poucos com tanto e muitos sem nada, miseráveis analfabetos políticos que servem de massa de manobra... tanta farra e pouco pão!
Meninos e meninas que sonham com o que a mídia diz ser o seu futuro, o legado das Olimpíadas! 
Seria esta a visão correta daquilo que eu chamo de Pátria? Seria tão simples assim?
Eu vejo tantas coisas neste mundão de contrariedades chamado Brasil...
Vejo gente que se esforça para dar o melhor de si... do gari ao executivo, do bombeiro ao médico, da dona de casa ao menino que vende bala no trem!
Temos maus políticos sim! Muitos! E somos um País que hoje caminha de muletas... por falcatruas, por "jeitinhos", por corrupção, por inescrupulosos de plantão que querem tomar o poder, mas não tem um projeto político coletivo!
Temos tragédias humanas, sociais, financeiras, morais... tragédias esquecidas e revividas!
Temos erros horrorosos com consequências desastrosas... mas também temos gente lutando, abrindo o verbo, querendo ver o País crescer. Gente que pensa, que sonha, que transborda de orgulho por ser brasileiro. Gente que não desiste daqui! Que continua acreditando em igualdade social, que busca meios invés de criticar quem tenta solução!
Muitos se perderam no caminho, é verdade! Mas não vejo o meu País como algo a ser abandonado.
Somos uma Nação de sotaques, de ritmos, de vontade! Do nordestino ao galego, somos todos um só povo, que sonha e que luta.
Vejo o meu Brasil caminhando, as vezes trôpego, vacilante, mas com um povo guerreiro e capaz de superar qualquer crise.
Acredito no amanhã! Acredito no Brasil! Acredito no povo brasileiro e sobretudo acredito que mesmo levando mais cem anos para poder haver conscientização, possamos; ainda que eu não esteja mais presente, obter uma Nação onde todos vivam dignamente.
Desacreditar no Brasil não fará com que as coisas se modifiquem!
Sou patriota com muito orgulho, pois um País deste tamanho não pode ser vencido apenas por uma minoria elitista. Um dia, espero que muito em breve, haverá solução!
Que nasçam sempre outros idealistas, outros corajosos e destemidos patriotas que como eu, consigam vislumbrar uma Nação de brasileiros independentemente de siglas partidárias. Somos sim, um só povo, um só Brasil mesmo com todas as nossas peculiaridades!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...