Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Sou Dessas...

Imagem
Não sou dessas pessoas que esquecem!
Guardo tudo na memória, do riso ao choro.
Mas sou dessas que ri e que chora ao mesmo tempo,
Num total desassossego que nem sei explicar!
Vão dizer que sou volúvel, pirada, sei lá
Não vim ao mundo para saber de tudo
Apenas vivo a vida que a vida pode me dar!
Já quis morar num abraço de braços
Em laços feitos de nós...
Já quis abraços apertados e abraços feitos de mãos
Num enlace de dedos, num lance de dois, estando mesmo a sós!
Se tentar entender, nada vai encontrar
Pois o que se explica é fácil
E o inexplicável é sem razão!

Não sou dessas pessoas tão simples!
Sou complexa por ser assim
Um ser humano, uma alma, um nada, um ser que pensa
E por pensar, tudo transcende
Talvez se nada pensasse tudo fosse diferente.
Sou como uma colcha de retalhos
Que de farrapos se costura
Tentando juntar os cacos,
Nos furinhos entre linhas e agulhas!
Eu sou dessas...
Elementar por ser necessária
Não a ninguém especialmente
Mas a mim mesma por saber-me única
Minh'alm…

Nos Seus Braços, Uma Viagem

Imagem
Quero aninhar-me nos seus braços
Por um momento esquecer do mundo
Viajar abraçada num só compasso
Contar estrelas num segundo.

Gritar bem alto radiante
O quanto o seu amor me inspira
Sentindo a vida num instante
Num sopro divino que tão rápido, expira!

Ouvir o som do seu coração
Num tic tac tão profundo
O som mais lindo, uma canção
A letra mais pulsante do mundo!

Quero aninhar-me feito gato
Num enrosco bem juntinho
Ficar quieta, no silêncio do mato
Onde tudo é tão certinho

Que as estrelas sejam luzeiros
Nesta viagem sem destino
Que façamos tantos cruzeiros
Que voltemos a ser meninos...

Nos seus braços aninhando-me
Vou vivendo a fantasia
Nos seus sonhos embrenhando-me
Num só abraço, a vida inteira de alegria!

Viagem Sem Fim! (conto)

Imagem
A sensação.
Estava nervosa. Olhava através da cortina, escondida, receosa de que alguém a visse. Sentia a presença deles... sabia que estavam por perto, embora não soubesse onde. O dia parecia nublado, mas não tinha muita certeza. Talvez nem estivesse. Como saber? Ilusão e realidade misturavam-se em sua mente. Ela respirou fundo, sentindo dor na boca do estômago. Estava com fome; aquela mesma fome que lhe dilacerava a alma havia um tempo. Mas aquele não era o seu maior problema, precisava sair e resolver logo, antes que ficasse ainda pior. Mas, estava com medo. Sentia-se vigiada. Andou pelo quarto, agitada. Tocou a maçaneta e constatou que estava trancada. A chave não estava ali... estava trancada por fora. Esmurrou a porta com raiva, mas não emitiu som. Olhou para os braços com hematomas, as mãos finas, trêmulas... precisava resolver aquilo. Precisava desesperadamente. Mas, eles não compreendiam. Estava trancada no quarto, sem ajuda, sem ter como resolver o problema. Karine sentou-se na…

Sem Nada a Dizer!

Imagem
Não dizer nada também é um modo de dizer muitas coisas
Talvez nos falte as palavras, talvez saiam enroladas
Não sei... não tenho todas as repostas.
Só sinto dizer que sinto tanto por tão pouco
Quando nada deveria sentir...
Parece louco estar dizendo tudo isso
Mas é que num determinado momento da vida nada faz muito sentido
Nem as palavras são suficientes para explicar o inexplicável
E pra que ter explicação? Tudo é tão mutável o tempo todo.
Acho que perdi o sentido das coisas
Estou num constante redemoinho de emoções que se contradizem e
nada mais é parte do que um dia eu vivi...
As vezes o mundo se coloca de cabeça para baixo, inexoravelmente...
São como gangorras aleatórias a nossa vontade
Num subir e descer, aos solavancos, num piscar de olhos.
Não dizer nada é uma forma de gritar por dentro...
Expurgar os demônios, exorcizar!
Não fale nada por um minuto, só sinta.
E aí você saberá o quanto tem a dizer a si mesmo, ainda que sem palavras...
Deixe sangrar a sua alma e então você saber…

O Seu Amor me Curou

O seu amor me curou...
Tinha dores que nenhum remédio conseguia sanar
Tinha febres, tumores,
__ Tantas feridas que não podia contar.

O seu amor me curou...
Trouxe luz à minha vida
Fez cada dia parecer mais feliz.
__ Eu que era tão triste,
Errante, sem rumo, tão perdido
Vi o dia ganhar cores,
Vi tudo ganhar sentido!

Conheci a poesia
No amor que me ofereceu
Num dia tão nublado
Minha vida floresceu!


Mudanças...

Imagem
Oi, como vai?
Tenho andado há tanto tempo sem notícias suas...
As vezes fecho os olhos e então, eu me lembro...
Tantas idas e vindas sem paradeiro certo
Tantos sons que se perderam... Tantas mudanças!
Foram momentos eternizados na lembrança!
Você ainda gosta das mesmas coisas que eu?
Saberia dizer um gosto meu?
Eu saberia listar todos os seus...
Foram tantos anos longe...
Perde-se tanto com a distância...
Vivi todo este tempo com você na memória
Todos os invernos foram no calor dos seus braços...
Nem por um momento, consegui esquecer.
Nem as risadas, nem as lágrimas.
Fomos nos perdendo, é verdade.
Outros rumos, outras eras...
Não somos mais como éramos antes!
De tudo que mudou e deixou de ser
Ainda restou algo de nós dois?
Sei que o tempo arruma tudo no lugar
Bom te ver assim tão bem...
Posso não ter sido tudo aquilo que você imaginava
Mas fui o melhor que podia ser.
Quando se ama alguém, mesmo no escuro
Ama-se por inteiro!
Mesmo que se perca parte no meio do caminho
Nenhuma mudança co…