Mudanças...

Oi, como vai?
Tenho andado há tanto tempo sem notícias suas...
As vezes fecho os olhos e então, eu me lembro...
Tantas idas e vindas sem paradeiro certo
Tantos sons que se perderam... Tantas mudanças!
Foram momentos eternizados na lembrança!
Você ainda gosta das mesmas coisas que eu?
Saberia dizer um gosto meu?
Eu saberia listar todos os seus...
Foram tantos anos longe...
Perde-se tanto com a distância...
Vivi todo este tempo com você na memória
Todos os invernos foram no calor dos seus braços...
Nem por um momento, consegui esquecer.
Nem as risadas, nem as lágrimas.
Fomos nos perdendo, é verdade.
Outros rumos, outras eras...
Não somos mais como éramos antes!
De tudo que mudou e deixou de ser
Ainda restou algo de nós dois?
Sei que o tempo arruma tudo no lugar
Bom te ver assim tão bem...
Posso não ter sido tudo aquilo que você imaginava
Mas fui o melhor que podia ser.
Quando se ama alguém, mesmo no escuro
Ama-se por inteiro!
Mesmo que se perca parte no meio do caminho
Nenhuma mudança consegue apagar o que foi vivido...
E mesmo já tão longe do alcance dos meus braços
Está presente nos mais loucos dos meus pensamentos
Vai com Deus, vai em paz!
Vai com parte de mim,
até que venha o último momento!






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...