Nos Seus Braços, Uma Viagem

Quero aninhar-me nos seus braços
Por um momento esquecer do mundo
Viajar abraçada num só compasso
Contar estrelas num segundo.

Gritar bem alto radiante
O quanto o seu amor me inspira
Sentindo a vida num instante
Num sopro divino que tão rápido, expira!

Ouvir o som do seu coração
Num tic tac tão profundo
O som mais lindo, uma canção
A letra mais pulsante do mundo!

Quero aninhar-me feito gato
Num enrosco bem juntinho
Ficar quieta, no silêncio do mato
Onde tudo é tão certinho

Que as estrelas sejam luzeiros
Nesta viagem sem destino
Que façamos tantos cruzeiros
Que voltemos a ser meninos...

Nos seus braços aninhando-me
Vou vivendo a fantasia
Nos seus sonhos embrenhando-me
Num só abraço, a vida inteira de alegria!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Sobre Abraços...