Vejo Você!

Eu vejo você...
Nas linhas sinuosas de cada montanha
Nas tardes frias de inverno
Nos verões de muitos risos
Eu vejo você!
Vejo seu olhar pra mim
Toco a sua pele um instante
Tão tênue que foi somente miragem
Eu vejo seus cabelos voando ao vento
Sua boca articulando palavras
E é como um filme bom
Faço carícias sem nenhum toque
Sinto a pele arrepiar
O frio doce no estômago...
Eu vejo você em mim
A cada reflexo meu num espelho
São os teus olhos que eu vejo.
A sua voz é a melodia mais premiada
Um assopro de alegria
E eu sorrio mais feliz
A cada vez que vejo você
Numa esquina qualquer
Como um fantasma a me acompanhar
Um milagre que sinto acontecer todos os dias
Eu vejo você
E não preciso de fotografias
Vejo na doçura dos meus próprios olhos
Nos sonhos que ainda não esqueci
Nas tarde de sol numa praia qualquer
Vejo o amor que ainda sinto
Nas belezas que me acompanham.
Vejo você!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Homem morre quando deixa de Sonhar!

Por Um Fio